Efeitos da cirurgia bariátrica na massa muscular

[Tempo estimado de leitura: 2 minutos]

Efeitos da cirurgia bariátrica na massa muscular

O crescente aumento do número de casos de obesidade, sobretudo em seu estado mórbido (≥ 40 kg/m²) tem levado a um aumento pela busca do tratamento cirúrgico da obesidade, especialmente devido ao seu custo-efetividade e benéficos em curto prazo.

No entanto, a adesão ao tratamento cirúrgico da obesidade não finaliza o problema. Isto é, ainda há um período de adaptação, com mudanças de hábitos, que se não acatados podem acarretar consequências tanto físicas como psicológicas.

Consequências do tratamento cirúrgico da obesidade

Como resultado, após a realização do procedimento, está relacionado a diminuição da massa muscular, devido principalmente as restrições alimentares, a má absorção proteica, intolerâncias adquiridas após a realização da cirurgia bariátrica e a perda de peso ponderal muito rápida.

Apesar disso, um estudo realizado com 108 mulheres subdivididas em três grupos (operadas com by-pass gástrico em Y-de-Roux, por convênio particular, ou SUS, e um grupo controle composto por mulheres não operadas), foi observado que o nível de atividade física apresentou influência positiva sobre as variáveis antropométricas, de composição corporal de pacientes submetidas à cirurgia bariátrica quando comparadas as não operadas.

Em resumo, diante de todos os efeitos adversos decorrentes da cirurgia bariátrica, torna-se extremamente necessário o acompanhamento nutricional em todas as fases (pré, pós e pós-tardio).  Certamente, a adoção de hábitos de vida saudáveis, como a prática de atividade física e boa alimentação, são primordiais não só para manutenção dos resultados cirúrgicos obtidos, mas, também para a condição de saúde geral.

Autora do texto: Thatyane Oliveira

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe com seus colegas e desfrute da EasyDiet, o melhor software de atendimento nutricional do mercado!

EasyDiet, feito por nutricionistas para nutricionistas.

Referências:

CUNHA, Selma Freire de Carvalho et al. Evolução da massa corporal magra após 12 meses da cirurgia bariátrica. Revista de Nutrição, v. 23, p. 535–541, 2010.

MANIGLIA, Fabíola Pansani; GRUNDMANN, Cátia Grundmann; SILVA, Talita Aparecida. Relação entre características alimentares e composição corporal com a qualidade de vida de mulheres submetidas à cirurgia bariátrica. Revista Brasileira de obesidade, nutrição e emagrecimento, v. 12, p. 76-83, 2018.

TERRA, Caio Machado de Oliveira et al.  Relação entre nível de atividade física em lazer, antropometria, composição corporal e aptidão física de mulheres submetidas à cirurgia bariátrica e um grupo equivalente não operado. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestória, v. 4, p. 252-255, 2017.

Compartilhe com seus amigos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sobre o autor

Posts Relacionados

Assine nossa Newsletter