Como ensinar sobre os diferentes tipos de açúcares e adoçantes para seus pacientes

[Tempo estimado de leitura: 3 minutos]

É fato, que ambos possuem sabor doce, mas você sabe explicar diferença entre os tipos de açúcares e adoçantes para seus pacientes? E conhece os diversos tipos existes?

De forma geral, açúcar é um termo utilizado para descrever alguns carboidratos, principalmente, monossacarídeos e dissacarídeos. Já o adoçante ou edulcorante, é formado por substâncias naturais ou artificiais que possuem capacidade de produzir sabor doce.

Mas na prática, quais são os tipos de açúcares e adoçantes?

Dentre os diversos tipos de açúcares, a sacarose, um dissacarídeo formado por glicose e frutose, é um dos mais utilizados na alimentação e podem ser encontrada em inúmeros formatos, como:

Melado – obtido por meio da fervura do caldo de cana, com concentração baixa de água;

Açúcar Mascavo – obtido das primeiras extrações da cana, com diversos compostos da cana;

Açúcar Demerara – obtido diretamente do melado de cana-de-açúcar, com cor escura e cristais levemente úmidos;

Açúcar Cristal – obtido a partir do açúcar demerara (por sulfitação), com cristais que variam de tamanho;

Açúcar refinado – obtido por meio da dissolução do açúcar cristal e remoção de outros componentes, com grãos brancos e sem formato padrão.

Outros tipos de açúcares:

Frutose – encontrada em grande parte das frutas, mel e em alguns vegetais. Também pode ser produzida pela indústria e adicionada em produtos alimentícios;

Mel – formado por meio do néctar das flores, resultante da mistura de sacarose, frutose e glicose (três carboidratos);

Xarope de glicose ou de milho ou amido – com composição variada, pode incluir glicose, maltose, dextrinas e oligossacarídeos.

Os adoçantes podem ser encontrados facilmente em farmácias, mercados e em outros locais. Os principais tipos de edulcorantes são:

Sucralose – adoçante natural, sem calorias e sem sabor residual;

Xilitol – também natural, com calorias (2,4 Kcal/g);

Esteviosídeo – extraído da planta Stevia rebaudiana e com calorias;

Sorbitol – adoçante natural, com calorias (2,6 Kcal/g);

Sacarina – artificial, sem calorias e pode haver um sabor residual;

Ciclamato – adoçante sintético, sem calorias e sabor agridoce;

Aspartame – também artificial, sem sabor residual e com calorias (4 Kcal/g);

Acesulfame-K – produzido sinteticamente, sem calorias e em altas concentrações pode haver um sabor amargo.

Esses são alguns tipos de açúcares e adoçantes que encontramos no mercado, sendo vendidos isoladamente ou adicionados em produtos alimentícios. Com essa lista, você pode ensinar seus pacientes a identificar açúcares e adoçantes para que eles façam escolhas alimentares mais assertivas.

Referência:

Phillippi, Sonia T. Nutrição e técnica dietética. 4ª edição). Editora Manole, 2019.

Gostou do nosso conteúdo? Se sim, compartilhe com suas(seus) colegas!

EasyDiet, feito por nutricionistas para nutricionistas.

O blog da EasyDiet é aberto para qualquer nutricionista ou estudante de nutrição enviar textos. Por isso, a responsabilidade do conteúdo do texto é inteiramente do autor(a) e não reflete necessariamente o posicionamento da empresa.

Compartilhe com seus amigos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sobre o autor

Posts Relacionados

Assine nossa Newsletter