O que é e como fazer contagem de carboidratos

[Tempo estimado de leitura: 3 minutos]

A contagem de carboidratos é uma estratégia nutricional amplamente utilizada em pacientes com alguma disfunção no metabolismo dos carboidratos, como no diabetes. Mas na prática, o que é e como fazer a contagem de carboidratos?

O principal objetivo dessa estratégia é oferecer à pessoa com diabetes maior flexibilidade em sua alimentação, de acordo com seu estilo de vida, encontrando o equilíbrio entre a glicemia, a quantidade de carboidratos consumida e a quantidade de insulina necessária para metabolizá-los.

Como o carboidrato é o nutriente que mais altera a glicemia, esse método  leva em conta a quantidade total de carboidratos consumidos por refeição, sendo que essa quantidade deverá obedecer às necessidades diárias do paciente. O paciente sabendo a quantidade de carboidratos de cada refeição, além de facilitar o controle glicêmico com a dose certa de insulina, proporciona mais flexibilização no plano alimentar respeitando as preferências e hábitos, melhorando a adesão do paciente ao tratamento. Ou seja, prática, o paciente tem a possibilidade de comer alimentos “fora” do plano alimentar tendo a informação da quantidade de carboidrato desses alimentos.

Existem diferentes métodos de contagem de carboidratos

O método por equivalentes separa-se os alimentos por grupos, onde cada alimento corresponde a uma substituição de 15 gramas de carboidrato. Dessa forma, o paciente poderá realizar substituições entre alimentos, serão estimuladas trocas entre alimentos do mesmo grupo, porém poderá haver situações em que o paciente fará substituições entre os grupos. Por exemplo, um alimento do grupo dos laticínios por um alimento do grupo das frutas.

No método por gramas, a quantidade total de carboidratos por refeição será obtida pela soma dos carboidratos de cada alimento a ser consumido, através do uso de tabelas e rótulos dos alimentos. Esse método é mais preciso, uma vez que se sabe exatamente o quanto de carboidratos será consumido, porém é mais trabalhoso e exige maior habilidade do paciente, será de grande importância que ele se habitue à leitura da tabela nutricional nos rótulos dos alimentos. Apesar disso, na EasyDiet, você nutricionista tem a informação da quantidade de carboidratos de cada refeição prescrita. O que facilita na hora do planejamento da contagem de carboidratos e de passar essas informações para os pacientes.

Resumindo, a prescrição dietética é fundamental para o controle glicêmico no diabetes. Respeitar a individualidade e hábitos do paciente é fundamental para adesão ao tratamento e melhor controle glicêmico. Além disso, a atuação da equipe multidisciplinar é essencial para sucesso do tratamento do paciente diabético, bem como a educação em diabetes.

Gostou das nossas dicas? Se tiver dúvidas e sugestões, entre em contato conosco. Compartilhe com seus colegas e desfrute da EasyDiet, o melhor software de atendimento nutricional do mercado!

EasyDiet, feito por nutricionistas para nutricionistas.

Autor do texto: Matheus Medeiros

Referências: http://www.braspen.com.br/home/wp-content/uploads/2016/12/artigo-9-4-2014.pdf

SBD. Manual de contagem de carboidratos, 2016.

Compartilhe com seus amigos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sobre o autor

Posts Relacionados

Assine nossa Newsletter